Pesquise no blog Rethalhos Culturais

27 agosto 2011

O papel japonês na conservação e restauro

Dentre os vários usos do WASHI, destaca-se a importância que ele exerce nos procedimentos de conservação e restauro de acervos históricos, principalmente de livros, documentos e obras de arte.

Quando pensamos em preservação de bens culturais ou mesmo de acervos familiares, não podemos pensar a curto prazo. Nosso alvo deve ser no mínimo 100 anos.

Portanto todos os materiais envolvidos no tratamento de conservação e restauro devem ser quimicamente estáveis e resistentes. Chamamos estes materiais de "materiais de qualidade arquivística".

O uso de papéis japoneses e de colas adequadas são procedimentos simples mas ao mesmo tempo importantes para a perpetuação da vida dos acervos documentais.

 
PAPEL OCIDENTAL:
Obtido através de processo contínuo de fabricação em massa com o uso de fibras de celulose, principalmente de madeira, de baixa qualidade e custo.


As qualidades do papel ocidental atendem ás exigências do mercado a que ele se destina, mas pouco uso tem na área de conservação e restauro de documentos históricos. As fibras são curtas e o processo de fabricação utiliza químicos nocivos ao suporte papel dos livros, documentos e obras de arte.

Características: É feito de fibras curtas, de baixa qualidade; é quimicamente instável; tem baixa durabilidade e resistência (fibras curtas); tem opacidade e não apresenta Ph neutro.

PAPEL ORIENTAL:
O WASHI, por sua vez, é obtido por processo manual e com utilização de fibras vegetais muito longas, feito folha a folha, com ingredientes estáveis de alta qualidade. Sua alta resistência atende a uma das necessidades mais requeridas pelos restauradores e conservadores. As fibras vegetais mais utilizadas na fabricação do papel japonês são o KOZO, MITSUMATA, e GAMPI.

O tipo de processo de obtenção, o peso da tradição, a nobreza das fibras, as qualidades do papel justificam as diferenças de custo de um tipo para o outro.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...